Móveis e objetos de inspiração futurística

Recebi newsletter da revista Manequim da Editora Abril, e uma reportagem me chamou a atenção: Inspiração futurista para móveis e objetos.
Não pude deixar de pensar que sempre estamos projetando tendências e tentando adivinhar a "cara" do futuro. Filmes futurísticos nos mostram vidas robotizadas misturadas à relacionamentos humano desgastados, cenário com móveis e objetos de arte clássicos e tecnologias complicadíssimas talvez na tentativa de nos inserirmos emocionalmente e fisicamente num futuro que na realidade nos é totalmente desconhecido.


Num dia desses, após o falecimento súbito da minha mãe, fui realizar um procedimento/exame onde uma micro camera foi inserida no interior de meu organismo com a intenção de detectar ou descartar doença genética. Fui totalmente sedada mas me recordo que meu último pensamento foi justamente sobre o futuro. Até onde a tecnologia vai nos levar e a quantos de nós vai realmente poder ajudar e salvar. Nesse hospital me senti um indivíduo ou uma unidade individual ( no verdadeiro sentido da palavra), sentada  tão próxima e ao mesmo tempo tão distante das outras pessoas que ali como eu estavam em silêncio, vestidas de azul e todas sincronizadas numa mesma rotina quase que automatizada.
Ao sair dali, com meu marido, resolvemos mudar de direção, deixar os contrastes e as nossas controvérsias para outra hora (para talvez nunca mais), e vivênciar a vida enquanto estamos de posse dela.
Em relação à decoração sugiro que façamos todos a mesma coisa, respeitemos as individualidades e as direções que nosso emocional nos levar.
Costumamos seguir e transportar as tendências do mundo da moda para as formas, padronagens, tecidos, estilos e cores,  para as peças de design e decoração… enfim para nossa casa.

Vejamos o que dizem os experts.
" As tendências em têxteis lar e hotelaria para 2010/2011, segundo a Heimtextil, principal feira do setor, estão divididas em quatro estilos: Futurista, Tentação, Hipernatural e Intuição; todas, porém, dentro da nova tendência UNI [RE]VERSE, um universo de contrastes e controvérsias para os próximos anos.
 A tendência Futurista é caracterizada pela simplicidade e alta qualidade, destacando o autêntico e questões ecológicas. Aqui menos é mais, concentrando-se em sutilezas e linhas suaves com o uso de cores naturais e tons de terra. "( Texto retirado da internet, desconheço a autoria).

Em tempos de tecnologia midiática, em transição e aprimoramento constante e intenso, acredito ser necessário frear o  ímpeto pela novidade e procurar nossos  verdadeiros valores intrínsecos em quaisquer mudanças (selecionando o melhor da modernidade), as nossas convicções e manter sim a mente e o coração antenados nas tendências, fazendo um mix de tudo e criando nosso próprio estilo, nosso lar.

Confira abaixo a matéria( textos e imagens), da Revista Manequim da Editora Abril.
"Design
O minimalismo, com suas cores neutras e poucos detalhes, é uma característica dessa tendência. As formas arredondadas remetem aos anos 1960, época da corrida para o espaço, e aparecem em mesas e poltronas. A estante de madeira sem portas foge do convencional e deixa à mostra livros e objetos. Já os abajures lembram naves espaciais e trazem humor para dentro de casa.





"Inspire-se no espaço criado para a Casa Cor Mato Grosso do Sul e traga os amigos para compartilhar bons momentos juntos. A bancada em tom forte suaviza o metálico dos objetos e não deixa o ambiente impessoal."

"Coifa e fogão
Os depuradores modernos têm a aparência de obra de arte, são altamente tecnológicos e também funcionam como luminárias. Escolha um que tenha pelo menos um dos tons dos móveis para não poluir o visual da cozinha. Já o fogão tipo cooktop ocupa pouco espaço, pode ser instalado na bancada e não usa gás."



"Sustentáveis
O design anatômico da minilavadora e do desodorizador de roupas se adapta em diversos espaços, além de economizar água com tecnologia e estilo."



"Tecnologia
Uma maneira de fazer uma decoração do futuro é aliar praticidade, sustentabilidade, economia e design em itens multifuncionais que proporcionam agilidade no dia a dia. Um exemplo é o aparelho que centraliza todos os controles da casa como cortinas, iluminação e som. Já no box high-tech é possível tomar banho e falar ao telefone ao mesmo tempo."


CLIQUE AQUI para ver a matéria completa

Um comentário:

  1. Minha querida Silvia, que sábias as suas palavras. Inspiradoras.

    Quando aos móveis, eu adoro, adoro inovações. Assim como gosto de coisas antigas. Acho que saber integrar o novo com o antigo é um dom, e particularmente eu gosto muito dessa mistura.

    SObre a escada: seu comentário foi muito importante pra mim,precisava de um incentivo pra explorar isso, trabalharei nisso, e te conto depois ok?

    Beijos mil.

    ResponderExcluir

Olá, vamos compartilhar ideias? Deixe seu comentário. Adoro falar com você!