Estilo clássico nunca sai da moda mas pode ser renovado

Há uma harmonia visual inegável numa sala clássica. Ela vem do uso da simetria e das proporções típicas desse estilo, que se espelham nos padrões da Grécia e da Roma antigas. 
"Para tornar essa referência mais leve, recomendo fugir um pouco da simetria, usando mesas diferentes nas laterais dos estofados, como fiz aqui", ensina o designer de interiores Fernando Piva, autor do ambiente, de 45 m².
"Outra ideia é criar pontos focais variados com cores marcantes, caso da poltrona vermelha." Mesclar móveis de linhas retas e desenho contemporâneo ao mobiliário de época também suaviza a atmosfera formal, além de atualizá-la. 
"Esse contraste tira o peso do clássico tradicional." Detalhes dourados, cristais e espelhos fazem o arremate. 
- Busque a simetria na distribuição dos móveis, traçando eixos para eles. Porém, para evitar um visual engessado, brinque jogando com os diferentes volumes das peças.
- Tenha cristais, espelhos e um item com uma cara francesa, que evoque o neoclássico.
- Entre as cores, vermelho e dourado sempre lembram a atmosfera clássica.
- Para adaptar as referências ao nosso clima, prefira usar tecidos leves e de toque natural, como linho, seda e algodão, especialmente nas peças volumosas, a exemplo de sofás e cortinas.



 imagens e texto:casa.abril