Metades de mim...

Lembra dos versos daquela musica do Oswaldo Montenegro "Porque metade de mim é amor.E a outra metade também."? Pois é assim que me sinto!
Metade de mim é felicidade porque tive a oportunidade de ser mãe do Nícolas(19)...o nascimento dele foi como um "relâmpago à noite", iluminou minha existência com amor, me exigiu muito mais coragem e determinação para enfrentar a vida e me gratifica constantemente, vivenciando as várias fases de vida dele, com muitas alegrias e surpresas boas.
E a outra (metade), também é felicidade porque sou filha e com ela, a mãe, aprendi muito sobre dignidade e igualdade entre as pessoas...ela foi sempre acolhedora e me deixou o seu melhor, esperança , fé e sabedoria.
Educar filhos não é tarefa fácil, nos exige responsabilidade, disposição, capricho, coerência e empenho para que possamos agir com justiça, impor limites e dar alegria e amor. É difícil também, e  principalmente, porque assim que eles crescem um pouquinho estão interagindo com o mundo aí fora, e é nesta hora que nosso trabalho mais aparece e se faz muito necessário...afinal ” Nossos filhos não são nossos, são flechas que lançamos para o mundo,sendo nosso dever direciona-las"* para serem pessoas portadoras do bem.
Neste domingo comemorativo, desejo para vocês, mães e filhos, muita felicidade...dê e receba muito amor!
Abraços com carinho e flores para as mamães! 
*Kallil Gibran imagens:arquivo pessoal, pinterest